Leonardo

Menino perdido, largado no chão,

Desde cedo bandido, pediu nascer não

É bala da Polícia

É bala do Ladrão

Menino perdido, brinca de botão,

Roda, capoeira, pé no chão,

Cabeça no mundo da lua,

Como o pai que nunca viu e tá na prisão,

Menino, moleque, cansado de guerra,

Deita no colo dela

Viajar pelo mundão,

perdeu-se no meio da favela

Queria sair, partir, fugir, por que não?

Menino tinhoso, medo tem não, viver ele quer

Amar ele quer

Bala da Polícia, Bala do ladrão

É tudo igual, diferença tem não

Que pena…

Menino, quer voar, tirar os pés do chão

Vento bateu forte, as ondas da praia num vai e vão…

Menino pergunta pro pai… Posso voar?

Pai fecha os olhos, pensa muito não, diz, vai…

Menino foi…  olhos azuis da cor do mar,

Perdido, não tá mais não,

onda vai e vem,

Dança de salão…

Não tem mais bala de polícia,

não tem mais bala de ladrão…

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s